25 julho 2014

Pelo direito de ser feliz sozinha.



Quem aí nunca se deparou com o fato de ser a única pessoa solteira em um grupo de amigos compromissados que atire a primeira pedra. Eu, pelo menos, já passei por essa situação tantas vezes que até perdi a conta. E em todas esses situações, as pessoas desse mesmo grupo acabam me fazendo passar por momentos embaraçosos já que na concepção delas, eu também devo arranjar um namorado para chamar de meu.
Aconteceu algo inacreditável em 2014: Todas as minhas amigas começaram a namorar. Algumas delas já estão em relacionamentos há anos, mas outras decidiram que cansaram da solterice esse ano. Até esse ponto, não vejo problema nenhum porque cada um sabe se si. 
Eu só começo a ver problema nos relacionamentos alheios quando os dois namorados acham que está na hora de eu arranjar alguém também para acompanhá-los em programas de casal ou simplesmente quando resolvem me taxar de infeliz por ser solteira e ainda dizer que metade dos meus problemas sumiriam se eu estivesse com alguém. E então de repente, o casal tem a brilhante ideia de querer me apresentar àquele amigo solteiro que está precisando de namorada e quem acaba se ferrando sou eu. 
No começo desse ano uma das minhas amigas me levou a um barzinho para conhecer o novo namorado dela. Mulher tem essa mania de querer que a amiga aprove o seu "pretendente" e então sempre vai organizar algum evento para que isso aconteça. Geralmente é algum encontro em um pub ou um jantar íntimo. Tem toda uma firula para algo que poderia ser feito no meio da rua, mas ok, esse não é o X da questão e para não ser hipócrita, eu admito que já fiz isso uma vez. 
Voltando ao encontro com o namorado da minha amiga, combinamos de tomar uma cerveja numa sexta-feira à noite. Conheci o dito cujo, bebemos, conversamos e eu ouvi a história de como eles se conheceram. De novo. Lá pelas tantas, entre uma cerveja e outra, o casal resolveu falar sobre  um amigo do portador de testículos da relação. De acordo com ele, seu amigo estava solteiro e querendo uma namorada. Isso bastou para que o Tico e Teco tentassem me empurrar o cara goela abaixo. Minha amiga solteira e seu amigo solteiro, não é perfeito? Não. Não é. E foi aí que toda a merda começou:

- Lu, tu só não quer namorar porque nunca gostou de alguém de verdade. - foi a grande frase da noite. 
- Na verdade, eu só não quero um relacionamento porque tenho outras prioridade no momento. - rebati tentando não alterar a voz. - Não me importo, mesmo. 
- Eu acho que tá na hora de tu arranjar alguém para namorar, afinal, todas nós estamos namorando e pode ser meio chato sair com vários casais. Semana que vem, por exemplo, vamos fazer uma janta e tu vai ser a única solteira. - Respira Luiza, pensei. A essa hora eu já estava lutando para manter meu auto-controle e não mandar a minha amiga calar a boca. Vou dizer para vocês: algumas pessoas colocam os pés pelas mãos quando começam a namorar. Acho que nunca passou pela cabeça dela que eu não vejo problema algum em ser a única solteira do grupo.
No mês seguinte, outro casal de amigos me chamou para  sair. Eles e mais dois casais tinham combinado de ir a uma festa e acabei acompanhando toda a movimentação. 
Cheguei sozinha no lugar e fui recebida pela minha amiga. As primeiras palavras que saíram da boca dela foram "O meu namorado convidou um amigo dele para você". 
O que para eles era um grande favor, para mim acabou se transformando um estorvo. O querido amigo do casal poderia até ser bonito, mas era um porre. Não saiu de perto um segundo sequer, mesmo depois que deixei claro que não estava interessada. 
Usei a minha desculpa clássica de que precisava ir ao banheiro e nunca mais voltei para a "roda". Andei por toda festa e parei em um canto e lá fiquei até o final. No outro dia, minha amiga veio me perguntar o porquê de eu ter sumido e como havia perdido a chance de estar com um cara legal. Me limitei a dizer que se eu quisesse alguém legal, eu mesma ia achar e não gostava quando alguém tentava arranjar alguém. Claro que a partir do momento que respondi isso, ela disse para o namorado como eu estava amargurada. 

Com certeza eu nāo sou a primeira e nem última pessoa a passar por isso. Eu não entendo a dificuldade que as pessoas tem para respeitar as escolhas alheias, principalmente em relação a algo tão pessoal.

Por mais que a sociedade tenha evoluído, aquela velha concepção de que estar só é sinônimo de estar encalhada e infeliz ainda predomina. "Talvez você pense assim porque não encontrou a pessoa certa"é o que me dizem cada vez que abro a boca para falar sobre esse assunto. Talvez isso seja verdade, mas eu não me importo.
Antes de pensar em estar com alguém, eu vou atrás da minha felicidade, realizar meus sonhos e buscar minha independência. Eu vou viajar sozinha, dar a volta ao mundo, tirar o máximo de proveito de tudo que a vida pode oferecer e ainda fazer umas comprinhas básicas em meio a tudo isso. E se eu mudar de ideia durante esse percurso, a escolha é minha.
Me desculpem se ofendi alguém,  mas o meu amor próprio e minha felicidade estão em primeiro lugar na minha lista de prioridades. O dia que eu quiser realmente encontrar alguém, eu vou encontrar sem precisar de uma little help from my friends. 

2 comentários:

  1. Eu sou adepta da ideia de que tens que viver conforme achar melhor. Se não encontrou alguém com a nossa idade, juro, melhor. Porque os 20 e poucos são o momento decisivo de carreira e vida onde você traça os caminhos que quer seguir na vida. E estar com alguém realmente pode atrapalhar isso ou fazer com que os planos incluam alguém que daqui uns anos pode resolver não estar mais ali. E as pessoas que dizem "tu precisa de um namorado" na verdade têm medo de sentirem-se seduzidas pela vida que TU leva e quererem voltar a solteirice. É falta de acreditar no próprio relacionamento e na própria felicidade.
    bjs da amiga que tá enrolada/noiva/namorando há 3 anos e adora te ver solta e feliz.

    ResponderExcluir

Obrigada pelo seu comentário! Até a próxima :D

© Luiza de Jobim Copyright 2016 Todos os direitos reservados.
Design by Tamires Sobral | Portfólio Ícones by flaticon.com