02 dezembro 2013

Sobre o Lulu e o Tubby: Tá todo mundo louco.

Via We <3 it

Esse provavelmente é só mais um texto falando sobre o assunto modinha do momento: Para quem não sabe, Lulu e Tubby são dois aplicativos  que permitem avaliar a beleza, comportamento e desempenho sexual de homens e agora mulheres. Ok, né, já que tá todo mundo louco mesmo, também resolvi dar uma opinião sobre ssásmodernidade.
Primeiro veio o Lulu, milhares de mulheres dando suas notas e colocando hashtags para os caras que apareciam na tela do celular argumentando que aquilo era só o troco por terem sido usadas por canalhas ou pela objetificação que vem da parte masculina. Não vou mentir, no começo eu até concordei. Sim, grande parte das mulheres ainda é vista como um pedaço de carne e quando ela faz algo porque quer é considerada vadia. Mas isso fica para outra discussão, até porque, o fato de a mulher ser vista como um objeto sexual, ser inferior e vários outros "adjetivos" que surgiram ao longo da evolução da espécie humana não é novidade e não faria sentido começar a discutir agora o que é resultado de séculos de machismo puro e nem é meu objetivo final escrevendo esse texto. 
Depois dessa concordância momentânea, eu parei para pensar na hipocrisia: Homem fala de mulher na mesa do bar para os amigos, é verdade. Mas mulher também fala e às vezes é até pior. 
Baixei o aplicativo por pura curiosidade e até avaliei uns amigos que pediram um marketing por lá, mas nada além disso por dois motivos: Se eu gostei de um cara, eu não vou promover ele para as outras. E se eu não gostei, para que eu vou perder meu tempo dizendo o quão ruim ele é sendo que isso não vai agregar valor nada a minha vida? E sem falar naquela velha teoria de tudo que vai, um dia volta. 
Assim como eu fiz um marketing do caramba para dar uma mãozinha para os amigos lá com informações que talvez nem sejam verdadeiras, outras mulheres com o mesmo pensamento que eu devem ter feito o mesmo. Sem falar naquela ex-namorada rancorosa que colocou alguns comentários tenebrosos sobre o ex só para que outras não se aproximem ou pior ainda: Tem aquelas que ainda vão lá avaliar um cara que está em um relacionamento só para boicotar e destruir "o lar feliz" dos pombinhos. Parece besteira ou algum tipo de teoria da conspiração? Não é. Desde o momento que entrei no mundo Lulu, foi só o que eu vi. E vi também relacionamentos desfeitos porque a namorada do sujeito viu uma avaliação sobre ele que dizia #dormedeconchinha ou sei lá eu mais o que. Porque afinal, você foi a única mulher que existiu na vida da criatura. Ou é tão idiota que preferiu acreditar em um aplicativo sem pé nem cabeça do que simplesmente conversar com seu parceiro. 
Daí agora vai sair o tal do Tubby, o aplicativo que avalia as mulheres, a hora da vingança e todo aquele blábláblá. A mulherada ficou apavorada, eu também, não nego. Não expus a vida de ninguém na porcaria do Lulu e não vou deixar a minha ser exposta por aí para meio mundo ver. Fui uma dessas arregonas que deletou o perfil e não tenho medo de admitir. Se eu quiser que alguém descubra algo sobre a minha intimidade, eu, só eu, vou permitir isso. Só que toda a mulherada que ficou horas ali passando o dedo na tela do celular para dar nota para os caras também ficou morrendo de medo e saiu com o rabo entre as pernas. E aí, como fica?  É óbvio que isso tudo gerou mais polêmica e discussão e até eu mesma quis vir aqui escrever um textinho sobre isso. 
E para  vocês tão aí avaliando pessoas pelo celular, discutindo sobre toda essa questão do Lulu, do Tubby, a violação de privacidade do Facebook, xingando todo mundo e dizendo homem não presta, mulher não presta, homem é tudo canalha, mulher é tudo vadia, eu tenho um conselho para vocês: Vão catar coquinho. Ou vão namorar, amar , foder, comer um pote de sorvete inteiro falando mal do ex para as amigas. 
Eu não acredito que alguém pode ser resumido a um mero número que meia dúzia de gente colocou ali para expor a pessoa ou porque alguém decidiu que essa mesma pessoa beija mal, é ruim de cama ou o diabo a quatro. Cada relacionamento é diferente e o que pode ter sido uma porcaria para você pode ser o que eu mais gosto em uma pessoa. E essa que é a graça da coisa.
 E me desculpa quem acha que dá para conhecer todas as qualidades e defeitos de alguém por hashtags, mas eu prefiro pagar para ver. 

Um comentário:

  1. Buenas, enhorabuena por el blog, me gustaría intercambiar enlaces contigo y que nos sigamos mutuamente.
    Un enorme saludo desde http://orgullobenfiquista.blogspot.com/
    http://bufandasybanderasamps.blogspot.com/

    Oi, parabéns pelo blog, gostaria de trocar links com você e nós seguimos um ao outro.
    Uma saudação enorme de http://orgullobenfiquista.blogspot.com/
    http://bufandasybanderasamps.blogspot.com/

    ResponderExcluir

Obrigada pelo seu comentário! Até a próxima :D

© Luiza de Jobim Copyright 2016 Todos os direitos reservados.
Design by Tamires Sobral | Portfólio Ícones by flaticon.com