29 novembro 2013

Pedaços de mim

Imagem via We <3 it

Uma vez me falaram que eu tenho 0,1% de inteligência emocional. Na hora, eu parei o que estava fazendo para pensar no que aquilo queria dizer. Fiquei magoada por ouvir isso de alguém tão próximo de mim, mas depois de um tempo refletindo disse a mim mesma: Grande porcaria. 
Eu sou cheia de defeitos, sentimentos à flor da pele e meu humor oscila mais que as fases da lua. Tenho sangue quente, odeio o mundo e dois minutos depois estou tentando encontrar uma forma de atingir a paz mundial. E não, eu não estou concorrendo a Miss Universo. 
Passo boa parte do meu tempo mergulhada em uma imensidão de livros e rimas, trago no peito mil amores e quero sempre mais. Pode me chamar de intensidade, senhor. 
Eu vou rir todas as vezes que ouvir uma piada idiota e se estiver caminhando no meio da rua e lembra dessa piada, vou começar a rir do nada deixando todo mundo ao meu redor pensando que sou louca. 
Odeio gente cheia de manias, mas tenho mil e uma delas. Transformo todas as pessoas que conheço - e até as que não conheço - em personagens e tento encaixá-las em alguma das minhas histórias mirabolantes. Portanto, se você quiser ler essas histórias é só me pedir que eu mostro. Mas pede com jeito, porque eu sou chata e não suporto má educação. E se o pedido vier com um sorriso, quem sabe até você pode ganhar meu coração. 
Tropeço em pedaços de mim mesma, amo e odeio pessoas ao mesmo tempo, sou curiosa ao extremo, mas prefiro observar tudo antes de finalmente abrir a boca. Aliás, eu pareço boba às vezes, mas alguém me disse que é bom fingir não entender alguma coisa para ver até onde alguém pode te enganar.
Já rodei o mundo, mas não sei pegar um ônibus na minha própria cidade sem perguntar para o motorista aonde vou parar. 
Você só toca nos meus livros se tiver permissão e deitar na minha cama só sem sapatos, por favor. Nem pense em dar nó nas orelhas do meu coelho-azul-igual-ao-da-Mônica porque eu também fico irritada com isso e vou te bater com ele. 
Não sei dar nome aos sentimentos e muito menos lidar com eles, é sempre "um soco na boca do estômago", "aquele nó na garganta", "frio na nuca" ou "o baterista do Bon Jovi fazendo um solo dentro do meu peito". É, Bon Jovi mesmo. Deixa, eu gosto. 
O meu quarto é tão bagunçado quanto os meus sentimentos e eu acredito que Nárnia está no fundo do meu guarda-roupas porque não é possível colocar algo lá dentro e nunca mais achar. Ok, eu até acho uns dois meses depois. 
Às vezes eu surto, que fique bem claro. Emburro, faço beiço e viro para o lado. Mas fica tranquilo, eu só faço isso quando tô na TPM. 
Eu sou a pessoa mais teimosa - ou uma das - que você vai conhecer. Quando eu quero, eu quero porque quero e ninguém me faz mudar de ideia. Eu quero, oras, é meu. 
Eu vou assistir filme de terror mesmo morrendo de medo. Vou ficar uma semana sem dormir, mas me recuso a desligar a televisão na metade do filme e não saber o final. 
Não consigo escrever textos curtos, preciso explicar cada mísero detalhe das coisas e ainda fico na dúvida se a pessoa entendeu ou não. Menos na prova de fotografia, é claro. Quanto menos tempo eu passar com aquele papel cheio de cálculos na minha frente, melhor. 
Odeio falar no telefone e mandar mensagem. Minhas unhas são tão grandes que tenho dificuldade ao achar a letra certa no touch screen
Sou mimada, cheia de vontades e sonhos, cada vez que você perguntar qual é o meu maior sonho eu vou falar um diferente, porque são tantos que eu não defini a ordem de prioridade  deles. 
Sim, sou confusa, sou errada, uma bagunça, caos, tempestade, furacão Katarina, capiroto e sai de baixo! 
Se você não saiu correndo até agora, eu aconselho que faça isso, mas se quiser ficar mais um pouquinho, eu até posso mostrar algumas qualidades também. Aos trancos e barrancos, tropeço e risadas de deboche. E sem a maldita da inteligência emocional. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigada pelo seu comentário! Até a próxima :D

© Luiza de Jobim Copyright 2016 Todos os direitos reservados.
Design by Tamires Sobral | Portfólio Ícones by flaticon.com