09 setembro 2013

Despadronizada por Isadora Mello


Via We <3 it


Todas aquelas garotas encontravam a felicidade depois da meia-noite e de uma garrafa de vodca. Ela, depois de uma tarde imersa a livros e a uns quinze copos de café,pensava que todas aquelas garotas pareciam seguir um padrão: cabelos escovados, corpo sarado, bochechas artificialmente rosadas. Ela conservava suas naturais ondulações, tanto capilares quanto corporais. A pele dela não era perfeita e seu peso também não. Ela não era perfeita e não fazia questão de aparentar ser.  Seu sonho não era ter o celular da moda e as roupas mais caras e ela não gostava de verão, não gostava de suar, nem de areia. Amava o inverno! E amava a noite, porque era apaixonada pelas estrelas. Gostava de admirá-las.
 Ela nunca se deu bem com o inglês e não achava o francês o idioma mais lindo do mundo. Segundo ela, o espanhol já ocupava esse lugar. Seu sonho era mexicano, e este a conduzia.
 Para ela aquelas garotas eram todas iguais, e isto de fato a cansava. Enquanto elas se exibiam numa falsa riqueza, beleza, amizades e amores, ela, aos poucos, ia buscando o que lhe fazia feliz. E quando encontrou, por lá ficou! Longe dos outros, longe de todos que só viviam de aparência.
  Ela... Bom, ela se descobriu (longe da hipocrisia padrão). É claro que ainda tem muita estrada a percorrer, mas ela acredita que pode!
 E cotidianamente ela fazia seu sonho virar realidade...


Isadora Mello é uma das donas do blog Ficcionalmente real e parceira do Luiza de Jobim. O blog tem foco literário (<3) e ainda conta com crônicas das blogueiras. Tá esperando o que? Vai lá conhecer o blog! 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigada pelo seu comentário! Até a próxima :D

© Luiza de Jobim Copyright 2016 Todos os direitos reservados.
Design by Tamires Sobral | Portfólio Ícones by flaticon.com