08 maio 2013

Livros para o mês de maio.


Início do mês é sempre a mesma coisa: Faço uma lista dos livros que quero ler em breve e a transformo em uma meta. Como não tenho mais tanto tempo quanto gostaria para ler tudo que quero, acabo escolhendo só uns cinco ou seis livros e às vezes consigo acrescentar um ou outro na minha wishlist quando sobra um tempinho. Para o mês de maio escolhi cinco livros que estão na minha lista de espera há bastante tempo.  Agora que comecei a escrever resenhas para o blog, assim que terminar cada um deles vou postá-las aqui.
Algumas outras resenhas que já escrevi podem ser encontradas aqui. Sou colunista semanal do site Estante Seletiva, então todas as resenhas que já fiz estão lá. (vou colocá-las aqui depois).



Comecei o mês lendo Insurgente, que é o segundo livro da trilogia Divergente, best-seller escrito pela autora americana Veronica Roth, já estou quase no final da história e mal posso esperar pelo terceiro livro. Insurgente conta a história de Tris, uma divergente, exatamente do ponto em que parou ao final do primeiro livro. O livro gira em volta do mundo distópico em que a personagem vive e mostra o cenário de guerra em que a cidade de Chicago se encontra. Não tenho como dar muitos detalhes do segundo livro sem ter escrito a resenha do primeiro, mas logo logo as duas estarão por aqui.

“Uma escolha pode te transformar , ou pode te destruir. O dia da iniciação de Tris deveria ter sido marcado por celebração, vitória e excitação por ter sido a primeira da turma entre o grupo de iniciantes da sua facção escolhida, Audácia. Ao invés disso, o dia termina com os horrores indescritíveis dos ataques simulados pela Erudição. E enquanto Tris sobrevive graças a sua natureza Divergente, muitos dos que ela ama não sobrevivem. Guerra agora parece inevitável. Apesar da Audácia ter sido liberta do controle da mente da Erudição, o conflito entre as facções e suas ideologias estão só começando.”

O segundo livro da minha lista é Trocada, da autora Amanda Hocking. Eu já li uma ou duas resenhas a respeito dele e por isso decidi ler e porque gostei da capa também. O livro também é uma trilogia e tem uma proposta bem interessante, apesar de monstrar elementos bem comuns em sua história.

“Quando Wendy Everly tinha seis anos, sua mãe foi convencida de que ela era um monstro e tentou matá-la. Onze anos mais tarde, Wendy descobre que sua mãe poderia estar certa. Ela não é a pessoa que ela sempre acreditou ser, e toda a sua vida começa a ser desvendada. Tudo por causa de Finn Holmes. Finn é um cara misterioso e parece estar sempre olhando para ela. Cada encontro deixa Wendy profundamente abalada. Mas não é muito antes de ele revela a verdade: Wendy é uma changeling que foi trocada ao nascer e ele veio para levá-la de volta para casa.”

O terceiro é um dos mais aguardados desde o começo deste ano: A Elite, continuação do livro escrito por Kiera Cass, A Seleção. Ok, sou suspeita para falar sobre eles porque morri de amores e vomitei arco-iris lendo o livro. Acho que a autora irá chamar atenção para uns pontos que não foram bem desenvolvidos no primeiro livro e aprofundar mais as relações da protagonista America e a briga pela coroa e o coração do príncipe Maxon.

“Trinta e cinco garotas foram ao palácio participar da Seleção. Todas, exceto seis, foram mandadas para casa. E só uma se casará com o príncipe Maxon e será coroada princesa de Illéa. O coração de America ainda está dividido. Quando ela está com Maxon, é arrebatada por esse novo romance de tirar o fôlego, e não consegue se imaginar com mais ninguém. Mas sempre que vê Aspen montando guarda pelo palácio, é dominada pelas memórias da vida que eles planejavam ter juntos. Com o grupo reduzido à Elite, as outras garotas estão ainda mais determinadas a conquistar Maxon — e o tempo para America se decidir está se esgotando.”

Estilhaça-me, da autora  Tahereh Mafi também se passa em um mundo distópico. Fiquei receosa ao ler a sinopse do livro porque já havia comprado alguns livros Distópicos e pensei que acabaria lendo a mesma coisa de novo, mas o meu amigo Gengiscan do Books for me Now me convenceu que é uma leitura que vale a pena.

“Juliette nunca se sentiu como uma pessoa normal. Nunca foi como as outras meninas de sua idade. O motivo: ela não podia tocar ninguém. Seu toque era capaz de ferir e até matar. Durante anos, Juliette feriu e, segundo seus pais, arruinou o que estava à sua volta com um simples toque, o que a levou a ser presa numa cela. Todo dia era escuro e igual para Juliette até a chegada de um companheiro de cela, Adam. Dentro do cubículo escuro, Juliette não tinha notícias do mundo lá fora. Adam ia atualizando-a de tudo. Juliette não entendeu bem o que estava acontecendo quando foi retirada daquela cela e supostamente libertada, ao lado de Adam, e se vê em uma encruzilhada, com a possibilidade de retomar sua vida, mas por caminhos tortuosos e totalmente desconhecidos.”

E finalmente o último livro da minha Wishlist é Anna e o Beijo Francês da escritora Stephenie Perkins. É um romance bem água com açúcar indicado por uma amiga minha, mas já vi ele em outros lugares. Confesso que mesmo AMANDO livros de literatura juvenil barra romance (alô Meg Cabot team!) não sabia se iria gostar mesmo dele, mas acho que as frases da minha amiga como “Esse livro é tão fofo” ou “Quase derreti lendo” me convenceram.

“Anna Oliphant não está nada entusiasmada com a ideia de se mudar para Paris, já que seu pai, um famoso escritor norte-americano, decidiu enviá-la para um colégio interno na Cidade Luz. Anna prefere ficar em Atlanta, onde tem um bom emprego, uma melhor amiga fiel e um namoro prestes a acontecer. Mas, ao chegar a Paris, Anna conhece Étienne St. Clair, um rapaz inteligente, charmoso e bonito. Só que Etiénne, além de tudo, tem uma namorada... Anna e Etiénne se aproximam e as coisas ficam mais complicadas. Será que um ano inteiro de desencontros em Paris terminará com o esperado beijo francês? Ou certas coisas simplesmente não estão destinadas a acontecer? Stephanie Perkins escreveu um romance de estreia divertido, com personagens espirituosos que garantem dedos formigando e corações derretendo.”


E aí, gostaram? Qual vocês leriam? Não percam a resenha de cada um deles em breve por aqui.

Beijos, Luiza.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigada pelo seu comentário! Até a próxima :D

© Luiza de Jobim Copyright 2016 Todos os direitos reservados.
Design by Tamires Sobral | Portfólio Ícones by flaticon.com