08 outubro 2012

E é isso.



Às vezes a gente pensa que sabe tudo, que já aprendeu o suficiente ou que nada mais nos surpreende. Que tudo que tinha que doer já doeu e cicatrizou. Que já juntamos todos os milhões de caquinhos do nosso coraçãozinho quebrado e estamos prontos para seguir em frente, mas eis a verdade universal: Não estamos. Nunca estaremos.
A verdade é que não existe essa coisa de destino, sorte ou ser positivo em relação às coisas. O que existe é aquele grande tapa na cara que a realidade nos dá a todo o momento. Você vai ficar aí caído do chão ou vai levantar e mostrar que ainda pode lutar?
A vida sempre vai dar um jeito de nos machucar e embaralhar as respostas que pensamos ter à todas aquelas perguntas. Ela vai nos derrubar todas as vezes que tentarmos levantar, vai machucar nossos joelhos e quebrar nosso coração. Não parece ser justo, não é? Mas o mundo não é justo e é por isso que estamos nele. Talvez para mudá-lo ou só para aprender a ser forte. Nunca saberemos ao certo.
Nós temos que enxugar as lágrimas, fingir que não sentimos dor, mentir que não nos importamos e mandar os sentimentos para bem longe. Colocar um sorriso no rosto, mesmo que não seja verdadeiro e vamos devorar o mundo antes que ele nos devore. E é isso. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigada pelo seu comentário! Até a próxima :D

© Luiza de Jobim Copyright 2016 Todos os direitos reservados.
Design by Tamires Sobral | Portfólio Ícones by flaticon.com